Doceangel

A meu ver, a palavra-chave pra se explorar nossa sexualidade desta forma é só uma: consentimento.
Se as partes envolvidas estão de acordo, que mal tem?
"Angel"

sábado, 13 de abril de 2013

PARA O AMOR...


             


       DESEJO.
  Tantas coisas eu vejo
  são poucas as que desejo
  quero a lua nua pra mim
  o vento sussurrando ao meu ouvido
  a canção das paixões fulminantes
  o som melancólico do violino

  Quero sua poesia mais louca
  com laços de cetim, só pra mim
  quero seu choro junto ao meu
  suas mãos em meu corpo
  nossas bocas em junção
  seja você meu vulcão

  Quero contar-te o mais louco
  mais profano dos segredos
  jamais o revelei por medo
  seja o nosso amor o maior desejo
  aquele que o universo esconde
  sejamos os mais loucos dos amantes

  Aceitas assim, ser parte de mim?
  Entrar em meus poros
  provar minha alma
  lavar o meu corpo
  ter-me em suas mãos?
  Tantas coisas que vejo
   mas poucas desejo...desejo você...

  Texto[luna liberta}DONO DE ALMAS
     Imagem Google.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus gozos aliado aos meus prazeres.