Doceangel

A meu ver, a palavra-chave pra se explorar nossa sexualidade desta forma é só uma: consentimento.
Se as partes envolvidas estão de acordo, que mal tem?
"Angel"

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

MINHA TRANSFORMAÇÃO.

 


Um dia, um certo alguém cruzou o meu caminho e aos poucos foi se tornando cada vez mais importante na minha vida, até que aconteceu, e, o que era apenas uma relação baunilha tornou-se uma forte relação D/S,um novo mundo se abriu para mim, o desconhecido me cativou e sem medo por ele entrei.A mariposa saiu do casulo, numa bela transformação.
Então, eu sou uma escrava em descoberta de si mesma, uma cadela em ascensão, e hoje estou aqui relatando meu progresso por ordem de meu amado SENHOR, que tem aos poucos e com firmeza me conduzido.
 O primeiro prendedor ninguém esquece,eu pelo menos não vou esquecer da dor que senti, da emoção de estar ali servindo a ele pela primeira vez, como sua cadela, sua menina mulher, aos poucos estou me tornando a escrava que ele merece ter, deseja ter.Em cada encontro novas experiências e minha entrega tem sido total, confesso que com um pouco de medo de não conseguir realizar as coisas que meu DONO manda, mas não me nego a faze-las e nunca me negarei a  fazer nada que ele me ordenar.Preciso dizer que nos conhecemos a exatamente um ano, e só agora, tem uns três meses que mudamos o estado de nossa relação, nossos encontros ainda estão sendo só aqui no virtual, anseio o dia que será corpo a corpo, boca a boca, pele com pele...
 Depois que me tornei sua escrava, tenho pesquisado muito, e aprendi que mesmo longe a relação de um DONO e sua escrava é forte, quando é verdadeira, e não importa o MESTRE estar ou não presente, temos que obedece-lo sempre, estarmos a disposição vinte e quatro horas, sem intervalos, e assim eu me coloco nas mãos de meu SENHOR.Obedeço pois o amo de coração e confio nele para me conduzir, guiar, ele se tornou o SENHOR  de minhas vontades e desejos, sou sua de corpo e alma.
 Só quem vive uma relação assim entende o que digo, colocar prendedores nos seios,amarrar os mesmos, pingar velas, sentir a dor e o prazer ao mesmo tempo, é algo que só se faz por amor e também por que na alma somos submissas e isso nos liberta, nos faz livre para podermos escolher, nos faz mulher em todos os  sentidos, ser escrava é a forma mais linda de ser livre, é uma experiência unica, vivida por quem tem coragem de arriscar, e arriscar com a pessoa certa, alguém como meu amado SENHOR,que me entende, ensina, se ele me mandar fazer xixi e depois tomar o mesmo, acredite!Eu faço, isso se chama confiança!
  Nessa madrugada estivemos juntos, ainda estou com dor nos meus joelhos, pois fiquei ajoelhada em sinal do meu respeito por ele, como descrever a felicidade que sinto!?Talvez eu não possa descrever,e com certeza muitas pessoas devem criticar nosso modo de entrega,mas é tão maravilhosa, tão revigorante, que me faltam as palavras certas para traduzir esses momento, então só posso dizer:Meu SENHOR, obrigada por existires em minha vida, e me tornar sua cadela amada.Te amo muito além da vida!

                Texto lunaliberta    Imagem google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus gozos aliado aos meus prazeres.